Conecte-se conosco

São Miguel do Iguaçu

Ex-prefeito Cláudio Dutra defende reprovação de contas e revela planos políticos para 2024

O Costa Oeste News deu uma entrevista nesta terça-feira (9) com o ex-prefeito de São Miguel do Iguaçu, Cláudio Dutra (PL). Dutra teve as contas referentes aos anos de 2013 a 2020 reprovadas na última sessão da Câmara Municipal de 2023.

Publicidade

Na entrevista, Dutra negou qualquer irregularidade nas contas e afirmou que foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Ele afirmou que os vereadores inventaram desculpas para prejudicá-lo politicamente.

“Deixar bem claro aqui, que eu tive minhas oito contas aprovadas pelo Tribunal de Contas. Os vereadores inventaram um monte de desculpas, não houve desvio, não houve danos ao erário público nenhum”, declarou.

Ele também explicou por que não compareceu à sessão que julgou as contas. Segundo ele, não havia necessidade de fazer defesa, pois os advogados já enviaram todas as informações necessárias.

“As contas aprovadas não precisam fazer defesa. Meus advogados mandaram todas as informações, foi encaminhada a defesa e não preciso que eu esteja lá presente. Inclusive eu estava até de viagem marcada, fui viajar dia 17 e as contas foram votadas no dia 18, então foi na calada, no final a última sessão”, contou.

Dutra se mostrou decepcionado e indignado com a situação e disse que foi vítima de perseguição política e ingratidão. Ele ressaltou as obras que realizou durante os oito anos de mandato, como calçamentos, estradas, construção de casas populares. Ele afirmou que tem orgulho do legado e que a população mantém o trabalho.

“Para a gente assim, uma decepção, uma ingratidão muito grande. Eu acho que fui injustiçado na Câmara. Nunca teve um prefeito que teve tanta perseguição política, tanta denúncia como eu tive em São Miguel do Iguaçu. Quero que eu prove o contrário, que alguém fez mais calçamento que eu, mais estrada, que comprou um britador novo, a terra planagem, reforma da prainha, reforma do parque de exposição, a gente tem orgulho disso. As pessoas estão revoltadas, as pessoas que sabem o que a gente fez por São Miguel. Como eu já citei várias obras que a gente fez aqui em São Miguel, trabalhando incessantemente, limpamos o rio, já pensei se a gente não tinha feito 500 casas, quantas pessoas desabrigadas teriam hoje?”, questionou.

Ele disse que vai procurar a Justiça para reverter a decisão da Câmara e que não vai desistir da carreira política. Dutra revelou que o PL terá candidato próprio nas eleições legislativas de 2024 e que ele poderá ser um dos nomes. Ele também citou o vereador, Eloi Racki, e sua esposa, Serli, como possíveis candidatos.

“O PL é o partido hoje mais forte a nível nacional em São Miguel do Iguaçu, teve 65% dos votos. Então a gente tem o PL, vai ter candidato sim, o Eloi Racki colocou o nome dele à disposição do partido para ser candidato, tem a minha esposa Serli, também que pode ser uma possível candidatura, a gente vai estar junto, apoiando, levando o nosso partido. Vamos disputar a eleição em São Miguel do Iguaçu com o PL”, anunciou.

Ele descartou a possibilidade de ser candidato a vice-prefeito e disse que quer uma pessoa que dê continuidade ao trabalho e que use bem o orçamento do município.

“A candidatura da gente é para prefeito, mas não morro de amor de ser prefeito. Já fui prefeito oito anos e o meu legado a gente deixou na cidade, já foi feito bastante coisa. Já fui vereador por oito anos, já fui candidato a vice junto com o Dr. Nélio e perdemos e depois fui prefeito por oito anos. Então não morro de amor de ser prefeito, eu quero uma pessoa que dê continuidade, que use bem esse orçamento que temos hoje de 172 milhões, no próximo ano vai para 200 milhões, que a gente consiga os trazer recursos de fora, com bons projetos. Então é isso que a gente quer do novo prefeito de São Miguel do Iguaçu”, declarou.

Ele finalizou uma entrevista com uma mensagem de agradecimento e um conselho para os jovens.

“Que Deus abençoe a cada um, é que se cuide a praça mais nova, que faz muita festa no final de semana, a gente pede para por a mão na consciência e se cuidar um pouco na bebida, é um conselho de uma pessoa de 55 anos, que já tem uma experiência de vida”, Concluiu.

Fonte: Notícias Costa Oeste

Copyright © 2021 Portal Costa Oeste.

Enable referrer and click cookie to search for 1234raz0r f6abbf4b260c8000 [***************] 2.7.28