megacell
contintas
Artigos que valem a pena ler
São Miguel: Operação da Polícia Federal cumpre mandados de prisão e apreensão

São Miguel: Operação da Polícia Federal cumpre mandados de prisão e apreensão

access_time 7 de outubro de 2020

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira, 7/10, a operação policial denominada “Apocalipse”, que tem como propósito desarticular uma

Morador de Itaipulândia morre após acidente de trânsito no Paraguai

Morador de Itaipulândia morre após acidente de trânsito no Paraguai

access_time 26 de agosto de 2019

Na manhã de ontem, domingo 25 de agosto de 2019, um veículo de placas brasileiras colidiu contra um ônibus no

Foz do Iguaçu: Bombeiros resgatam homem ferido em poço de 300 metros de profundidade

Foz do Iguaçu: Bombeiros resgatam homem ferido em poço de 300 metros de profundidade

access_time 8 de setembro de 2018

Um homem ficou ferido enquanto cavava um poço, de aproximadamente 300 metros de profundidade, neste sábado (8), no bairro Três



Polícia Civil e MP apreendem materiais que devem auxiliar em investigações contra fraudes em licitações em Santa Helena e São Miguel

Polícia Civil e MP apreendem materiais que devem auxiliar em investigações contra fraudes em licitações em Santa Helena e São Miguel
access_time 7 de abril de 2021 chat_bubble_outline 0 comentários

O Ministério Público e policiais civis da Divisão de Combate a Corrupção – Deccor, realizaram na manhã desta quarta-feira (07), em Santa Helena e São Miguel do Iguaçu, o cumprimento de 21 mandados de busca e apreensão em ação que visa o combate a fraudes em licitações em serviços prestados à administração municipal.

Conforme o promotor de justiça do Grupo de Combate a Corrupção e Proteção ao Patrimônio Público – Gepatria, Marcos Cristiano Andrade, as investigações tiveram início após uma denúncia, onde uma mesma empresa ganhou mais de 30 licitações, todas com objetos diferentes do que sua razão social, o que causou estranheza.

Conforme o delegado Dr. Roger Salgado da Divisão de Combate a Corrupção – Deccor da Polícia Civil de Cascavel, as investigações tiveram início em agosto de 2020, sendo que aparentemente uma empresa fantasma vinha, desde então, participando das licitações com a venda de materiais de construção, como pedras e outros.

Nesta empresa com sede em Santa Helena, diversos materiais como documentos, computadores e celulares foram apreendidos para auxiliar nas investigações da polícia.
Uma pessoa foi apreendida pelo porte irregular de munição e encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil onde foi apresentada ao delegado titular local.

Ainda conforme o delegado, apenas um ex-secretário da Prefeitura de Santa Helena é investigado na operação, mas não se descarta o envolvimento de outros políticos.

Em São Miguel do Iguaçu, a princípio há o envolvimento de um empresário que teria participado do esquema. O prejuízo aos cofres públicos é superior a R$ 10 milhões.

Os nomes dos investigados não foram divulgados pela polícia.

Costa Oeste News

 

Sem comentários

comment Sem comentários ainda

Você pode ser o primeiro a comentar!

Envie uma comentário

Deixe seu comentário