Conecte-se conosco

São Miguel do Iguaçu

Denunciados pela 1ª Promotoria de Justiça de São Miguel do Iguaçu, três homens que atiraram em carro de policial são condenados por latrocínio tentado

Acolhendo denúncia apresentada pelo Ministério Público do Paraná, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de São Miguel do Iguaçu, no Oeste do estado, a Vara Criminal da comarca condenou três homens que atiraram no carro de um policial militar em fevereiro de 2019, no município de Itaipulândia.

Publicidade

O policial não foi atingido, conseguindo revidar os disparos e impedir a ação dos acusados.

Inicialmente, os três réus haviam sido denunciados por homicídio qualificado tentado, já que, durante as investigações, houve a suspeita de que eles sabiam que um policial militar dirigia o veículo. Entretanto, em sessão do Tribunal do Júri no dia 1ª de junho, o MPPR sustentou que não havia provas de que os acusados sabiam que um PM dirigia o veículo, pedindo a desclassificação do crime para tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte), que tem pena maior.

A Promotoria de Justiça sustentou que a intenção dos acusados era roubar o veículo do policial e que eles assumiram o risco de matar os ocupantes do veículo ao disparem contra o carro. Os jurados acolheram o pedido do Ministério Público, e houve a desclassificação do crime.

Posteriormente, o Ministério Público aditou a denúncia, atribuindo aos três acusados os crimes de latrocínio tentado em relação ao policial militar e sua esposa, que estava no carro atingido. Um dos réus foi condenado à pena de 11 anos e 8 meses de prisão, enquanto os outros dois receberam penas de 13 anos e 10 meses de prisão. Os três permanecem presos preventivamente.

Processo número 0000879-62.2019.8.16.0117.

As informações são do MPPR

Copyright © 2021 Portal Costa Oeste.