eko
inverno-thermal-Itaipuland
cazzuni2
banner
pizzaria-3-coracoes
Artigos que valem a pena ler
Receita Federal acelera importação de mercadorias do Paraguai via terrestre

Receita Federal acelera importação de mercadorias do Paraguai via terrestre

access_time 12 de março de 2017

As microempresas que fazem parte do Simples Nacional poderão importar mais rapidamente mercadorias procedentes do Paraguai por via terrestre. Uma

Veículo que fazia cavalo de pau no balneário é apreendido pela Polícia Militar de Santa Helena

Veículo que fazia cavalo de pau no balneário é apreendido pela Polícia Militar de Santa Helena

access_time 20 de março de 2017

Por volta das 01h00 da madrugada de domingo (19), a equipe da Polícia Militar de Santa Helena foi informada que

Major do Corpo de Bombeiros em Foz pede ajuda para manter a corporação

Major do Corpo de Bombeiros em Foz pede ajuda para manter a corporação

access_time 22 de março de 2018

O major do corpo de bombeiros de Foz do Iguaçu participou da sessão na Câmara Municipal para pedir ajuda. Segundo

Publicidade


Nariz coçando e garganta seca em pleno verão? Saiba o motivo da alergia

Nariz coçando e garganta seca em pleno verão? Saiba o motivo da alergia

Nariz coçando e garganta seca em pleno verão? Saiba o motivo da alergia

access_time 5 de fevereiro de 2018 chat_bubble_outline 0 comentários

Quem está com o nariz e os olhos coçando e a garganta seca deve estar pensando o que pode estar acontecendo por aqui.

Publicidade

Se estes sintomas aparecem em dias mais quentes e secos, eles podem indicar uma alergia ao pólen. A floração do capim, normal para esta época do ano, está gerando um nível maior de pólen no ar.

O alerta apareceu no site The Weather Channel, que traz a previsão do tempo para o mundo todo e apontou, em Curitiba, um nível alto de pólen no ar.

A reportagem do Massa News consultou a professora Leila Teresinha Maranho, professora do curso de Biologia da Universidade Positivo, sobre o assunto. Ela esclarece que a quantidade de pólen realmente pode ser alta nesta época do ano em função da floração do capim encontrado, por exemplo, nos terrenos baldios, espaços públicos e margem de rodovias.

“Aqui em Curitiba, o fenômeno está ligado mais ao capim em geral. Como as flores não são muito atrativas, a polinização acontece pelo vento. O capim produz muito pólen, para aumentar a chance de polinização. Este tipo pólen é bastante leve, para poder voar. É uma estratégia da planta para poder se propagar”, explica Leila.

De acordo com a professora, o janeiro chuvoso não influencia na disseminação do pólen. Basta um tempo um pouco mais seco e quente para o pólen secar rapidamente e começar a voar.

Leila ainda conta que a polinização do capim é diferente do que das plantas que dependem de animais para isto, o que normalmente acontece na primavera. No caso do capim, os brotos aparecem no fim da primavera e começam a florescer a partir da metade do verão.

A alergia ao pólen não deve ser subestimada. O médico clínico geral do Hospital Vita, João Luiz Carneiro, afirma que os sintomas mais frequentes são coceira nos olhos e no nariz, garanta seca, tosse e falta de ar. No entanto, em casos mais graves, podem agravar quadros de asma. “Não existe outra recomendação a não ser procurar seu médico, ainda mais para aquelas pessoas que já têm problemas graves de alergia”, comenta.

Publicidade

Massa News

 

content_copyCategorias do post

Sem comentários

comment Sem comentários ainda

Você pode ser o primeiro a comentar!

Envie uma comentário

Deixe seu comentário

Publicidade