Vip Barbearia
Sanduicheria Iguaçu
Portal Costa Oeste 1
Artigos que valem a pena ler
Santa Terezinha: Têm início as oficinas de divulgação do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos

Santa Terezinha: Têm início as oficinas de divulgação do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos

access_time 17 de maio de 2017

Foram iniciadas na segunda-feira (15) as oficinas de divulgação do Plano Municipal de Gestão Municipal de Gestão Integrada de Resíduos

Marechal Cândido Rondon: Condutor anda na contramão, apaga carro na frente da PM e vai preso por embriaguez

Marechal Cândido Rondon: Condutor anda na contramão, apaga carro na frente da PM e vai preso por embriaguez

access_time 25 de fevereiro de 2018

Policiais militares de Marechal Cândido Rondon avistaram um veículo Ford/Ka, de cor prata, trafegando na contramão no cruzamento da Rua

Corpo de Bombeiros de Santa Terezinha de Itaipu tem novo comandante

Corpo de Bombeiros de Santa Terezinha de Itaipu tem novo comandante

access_time 10 de outubro de 2018

Tomou posse nesta quarta-feira (10) o novo comandante do Corpo de Bombeiros de Santa Terezinha de Itaipu, 2º Tenente Jessé



Medianeira: Ocorrência de som alto acaba em confusão generalizada

Medianeira: Ocorrência de som alto acaba em confusão generalizada
access_time 13 de janeiro de 2020 chat_bubble_outline 0 comentários

Na noite do último sábado (11), a Polícia Militar de Medianeira foi acionada para atender à uma ocorrência de perturbação de sossego no Bairro Santos Dumont.

Publicidade

No local os militares constataram que havia uma confraternização com diversas pessoas presentes e um veículo com som em volume alto, sendo então solicitado para que o responsável da residência se apresentasse.

Inicialmente apresentou-se como responsável uma moradora, a qual foi orientada pelos militares a respeito da reclamação de perturbação de sossego, sendo informada que deveria acompanhar a equipe policial até a sede da 2ª Cia juntamente com o equipamento de som.

Durante o atendimento da ocorrência compareceu no local um homem, que disse também ser responsável pelo local onde ocorria a confraternização, sendo também orientado pelos policiais em relação a reclamação de som alto.

Num primeiro momento o mesmo concordou com a equipe policial e se prontificou a acompanhar os militares para o registro da ocorrência, porém repentinamente, quando os policiais dariam início aos encaminhamentos dos envolvidos, o homem partiu para cima do vizinho que havia acionado a PM por conta do som alto, entrando em vias de fato com o mesmo, dando início à um tumulto generalizado entre as demais pessoas presentes no local.

Após os policiais intervirem, ambos os envolvidos nas vias de fato foram separados, porém devido à confusão generalizada, outras pessoas que estavam no local tentaram agredir o vizinho, momento em que o primeiro agressor se evadiu do local, não sendo mais localizado.

Diante da quantidade de pessoas no local, os militares então solicitaram apoio, sendo então uma equipe da RPA de Serranópolis do Iguaçu e outra da ROTAM se deslocaram para prestar apoio à ocorrência.

Quando o vizinho que denunciou a perturbação de sossego saia do local com seu próprio veículo para se dirigir até a sede da 2ª Cia, o homem que o havia agredido anteriormente saiu de trás de uma árvore e passou a dar chutes no veículo do mesmo, agredindo-o novamente com socos quando ainda estava dentro do veículo. Por fim ele conseguiu se desvencilhar do agressor e seguiu até o Batalhão da PM, enquanto o agressor se evadiu do local.

No meio de toda essa confusão, um dos presentes passou a desacatar os policiais, sendo então o mesmo detido e conduzido à sede da 2ª Cia da PM.

Quando as demais equipes policiais chegaram em apoio, retornaram ao local da ocorrência para tentar localizar o agressor, porém o mesmo não foi encontrado.

Já na sede da 2ª Cia, compareceu também a esposa do denunciante, a qual relatou que após as equipes policiais saírem do local da ocorrência, a moradora da casa onde ocorria a confraternização e algumas outras pessoas teriam ido até sua residência e a ameaçado caso seu marido registrasse o Boletim de Ocorrência, e disse também que o homem que também se apresentou como responsável pelo som já havia lhe ameaçado durante o dia por mensagens de WhatsApp.

Durante os procedimentos para confecção do Boletim de Ocorrência, o denunciante ainda reconheceu o homem que foi conduzido por desacato, como sendo uma das pessoas que lhe agrediu e ameaçou durante a confusão.

Diante dos fatos, todos os envolvidos foram orientados, sendo confeccionado o Termo Circunstanciado de Infração Penal em desfavor da moradora responsável pela casa onde o fato foi registrado, a qual se comprometeu a comparecer em juízo para audiência.

Já o outro conduzido e o denunciante foram encaminhados à UPA para exames de lesão corporal, sendo posteriormente todos os envolvidos conduzidos à Delegacia da Polícia Civil para os demais procedimentos.

A identidade dos envolvidos não foi repassada pela Polícia Militar.

Segundo a Polícia Militar, o outro envolvido na ocorrência, o qual evadiu-se do local, já tem várias passagens por desacato, ameaça e perturbação, e que apesar de ter se evadido, foi identificado e irá responder pelos crimes de dano, ameaça e lesão corporal.

Redação: Guia Medianeira com informações da PM

 

Sem comentários

comment Sem comentários ainda

Você pode ser o primeiro a comentar!

Envie uma comentário

Deixe seu comentário