Conecte-se conosco

Paraná

Comando-geral da Polícia Militar relata que Fabiano era um excelente policial; PM matou oito pessoas nesta madrugada

Na manhã desta sexta-feira (15), o Coronel Hudson, comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, concedeu entrevista coletiva falando sobre o caso da chacina promovida pelo policial militar Fabiano Junior Garcia, entre a noite de ontem e a madrugada desta sexta-feira (15).

Publicidade

Na entrevista, a Polícia Militar destacou que a motivação para as execuções em série seria o pedido de separação da mulher, Kassiane.

Hudson destacou que fez questão de conversar com os oficiais que conviviam com o servidor e recebeu a notícia de que ele era um excelente policial.

Inicialmente, Fabiano matou a mulher e uma filha na casa onde morava, deslocou à casa da mãe onde a matou a facadas e também executou o irmão. Na saída do imóvel matou outros dois homens, estes, a princípio, de forma aleatória.

Depois deslocou ao município de Céu Azul onde matou outros dois filhos, um menino e uma menina, os quais moravam com os tios.

Mais tarde, ao voltar para casa, percebeu que o imóvel estava tomado por policiais, sendo que parou o carro na esquina e se suicidou.

CGN

 

Copyright © 2021 Portal Costa Oeste.