Conecte-se conosco

Brasil

Morador de Itaipulândia é preso pela Polícia Civil e PRF em MG com cerca de 9 toneladas de maconha

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreenderam, nesta sexta-feira (19/11), cerca de nove toneladas de maconha, durante ação integrada, deflagrada em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira.

Publicidade

De acordo com a delegada Camila Miller, o material foi localizado no interior de dois caminhões, no Bairro Barreira do Triunfo. “Parte da droga estava escondida em meio a uma carga de carne de porco em um dos veículos, já o restante em um fundo falso do outro caminhão carregado com energético. Apurações indicam que o material seria oriundo do Paraná”, disse a delegada.

Além da droga e das duas carretas, foram apreendidos três veículos de passeio e seis pessoas foram presas durante a ação, entre elas, um morador de Itaipulândia.

Segundo a delegada Camila Miller, na noite do dia 18 de novembro, trocou informações com a PRF porque suspeitou de dois caminhões clonados que estavam nas proximidades da cidade. “A partir daí, iniciamos a vigilância e o monitoramento destes veículos que resultou nesta apreensão”, contou Miller

O Policial Rodoviário Federal, Junie, contou que, durante esse processo, que a PRF tomou conhecimento que havia dois veículos transportadores de carga suspeitos, uma equipe operacional foi mobilizada para localizar estas carretas. “Foram localizadas e foram abordadas de forma minuciosa. Houve alguns desencontros nas prestações de informações pelos condutores, motivo pelo qual a abordagem foi se tornando ainda mais minuciosa até que se localizou esta quantidade de droga”, disse Junie.

Ainda de acordo com a delegada Camila Miller, além dos condutores, mais quatro pessoas foram presas, entre elas, três homens que estavam dentro de carros monitorando as carretas, e uma mulher, que é proprietária do galpão onde uma das carretas estava localizada.

O delegado Regional de juiz de Fora, Armando Avolio Neto, conta que essa foi a terceira grande apreensão de drogas da Polícia Civil em Juiz de Fora. “A primeira foi em 2019, com a apreensão de três toneladas e trinta e cinco armas de fogo, entre fuzis e pistolas. A segunda foi no primeiro semestre deste ano, em conjunto com a PRF, com a apreensão de quatro toneladas de drogas e algumas armas de fogo. Com essa última operação, de nove toneladas, totalizam dezesseis toneladas e mais de quarenta armas apreendidas em apenas três operações”, disse Neto.

O Chefe de Departamento de Juiz de Fora, o delegado geral Gustavo Adélio Lara, falou sobre a importância do trabalho integrado: “Mais uma vez a eficiência, o trabalho investigativo e o profissionalismo utilizado pela PCMG e PRF resultou num forte abalo às estruturas do tráfico na região de Juiz de Fora. Isso demonstra que com inteligência e investigação as organizações criminosas sempre terão dificuldades em se articularem e consequentemente levarão vultosos prejuízos nas estruturas com esses combates cada vez freqüentes e consistentes. Quem ganha com isso é sociedade e o povo de bem , tirando de circulação expressiva quantidade de substância entorpecentes”.

Fonte: Por dentro de Minas

Copyright © 2021 Portal Costa Oeste.