Conecte-se conosco

São Miguel do Iguaçu

São Miguel do Iguaçu sedia encontro de criação do Consórcio das Sociedades Indígenas do Iguaçu

Lideranças governamentais de São Miguel do Iguaçu, Diamante D’Oeste, Santa Helena, Foz do Iguaçu e da Superintendência Geral de Diálogo e Integração Social (SUDIS), do Governo do Paraná, e caciques indígenas da região, estiveram reunidos na sexta-feira, 13, na sala de reuniões da prefeitura de São Miguel, para concretizar acriação do Consórcio das Sociedades Indígenas do Iguaçu.

Publicidade

O consórcio busca a integração dos municípios da região que tem comunidades indígenas, as chamadas ‘cidades indígenas’, visando um trabalho conjunto em relação a pautas comuns como habitação, infraestrutura, saúde, educação e a identidade indígena. “Além disso, essa cidade indígena vai buscar autonomia, renda e participação em convênios públicos ou privados”, conta o secretário municipal de Planejamento de São Miguel do Iguaçu, Gunar Henrique Guedes.

Outro objetivo desse consórcio é proporcionar renda financeira para as aldeias através da produção familiar. “Criar uma associação para valorizar as comunidades indígenas, relatou Guedes.

Para o prefeito de Diamante do Oeste, Guilherme Pivatto Junior, foi um encontro produtivo que deverá trazer muitos frutos. “O consórcio vai ser um desafio, no entanto, é uma boa iniciativa e podemos avançar nesse tema em busca de recursos para essas comunidades”.

O cacique Sipriano Alves, da comunidade indígena de Diamante D’Oeste, disse que foi a primeira vez que aconteceu um diálogo dessa natureza. “Temos muitas dificuldades e esse consórcio deverá ajudar as comunidades na solução dos problemas”.

Segundo o cacique Silvano Tupãvera Sentorian,da Aldeia Indígena Tekoha Ocoy, do distrito deSanta Rosa do Ocoí, o encontro mostrou o interesse das lideranças em ouvir e apresentar soluções para as dificuldades indígenas. “Essa parceria vai trazer alívio para as comunidades que historicamente tem sofrido muita discriminação. É um momento muito importante para todos”.

O Superintendente Geral de Diálogo e Interação Social (SUDIS), Roland Rodolfo Rutyna, avaliou a reunião como muito significativa e disse que foi o primeiro passo fundamental para a implantação do consórcio. “Foi um movimento histórico realizado aqui em São Miguel do Iguaçu e o próximo passo será a assinatura do protocolo de intenções e a minuta, ou seja, a redação do primeiro documento da criação desde consórcio”.

Copyright © 2021 Portal Costa Oeste.