Conecte-se conosco

Região Oeste do Paraná

Quatro servidores da Secretaria de Obras foram identificados em esquema de fraude de licitações, diz delegada

A Delegada da Polícia Civil de Foz do Iguaçu, Rita de Cássia Lira, falou novamente com a imprensa na manhã desta quinta-feira, sobre as investigações de um esquema de recebimento de propina por servidores públicos, agentes políticos, ocupantes de cargos comissionados e empresas de fachada em 21 cidades do Paraná.

Publicidade

Segundo a delegada, a Polícia já identificou o envolvimento de quatro servidores da Secretaria Municipal de Obras de Cascavel nos esquemas de recebimento de propina em compra de peças e também de serviços, por meio de fraudes em licitações. Segundo a delegada, os indícios mostram que todos eles receberam quantias monetárias de maneira ilegal.

Na manhã de hoje, policiais do COPE realizaram trabalhos de busca no Parque das Máquinas da Prefeitura de Cascavel, localizado na Avenida Tancredo Neves.

Em contabilidades dos anos de 2017 e 2018, a Polícia Civil identificou o recebimento de R$ 2 milhões de reais por parte da empresa envolvida no esquema. No entanto, a delegada afirmou que a empresa continua com contratos ativos com diversas prefeituras. Dessa forma, o valor total recebido é maior do que o descoberto até agora, consequentemente a propina recebida pode ser maior.

A Polícia segue com as investigações, na tentativa de encontrar documentos que comprovem os crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica e outros mais difíceis de serem provados.

Fonte: CGN

Copyright © 2021 Portal Costa Oeste.