Conecte-se conosco

Foz do Iguaçu

Vereadora Protetora Carol anuncia pré-candidatura a deputada federal

A vereadora Protetora Carol Dedonatti confirmou à reportagem do Gdia a pré-candidatura a deputada federal por Foz do Iguaçu e região. Destacando o crescimento do Partido Progressista com reforço de nomes importantes da política nacional e estadual, ela enxerga viabilidade de lideranças expoentes pela ampliação da representatividade feminina e da causa animal. Em primeiro mandato como vereadora, Carol foi a mais votada com 2.709 votos nas eleições de 2020 e se coloca como nome novo na política regional.
Na opinião da vereadora é preciso ter coragem para lançar o nome e buscar o espaço. “Caso nós que entramos a pouco tempo na política não tentarmos buscar a representação estadual e nacional, vamos continuar com os mesmos de sempre e até perdendo cada vez mais espaço para nomes de fora. A defesa da mulher e da causa animal são nossas bandeiras principais, mas, além disso, há muito o que Foz do Iguaçu e região conquistar com uma representação nova e autêntica na Câmara Federal”, avaliou.
Carol destacou que está entrando como opção de uma política construtiva. “Não estarei no páreo para atacar concorrentes ou diminuir o trabalho de ninguém. O que buscamos é reforçar a representatividade de Foz do Iguaçu e região para que juntos possamos conquistar as melhorias necessárias para o desenvolvimento e o atendimento das aspirações da nossa população”, acrescentou.

Publicidade

Possíveis alianças
Em relação a possíveis alianças, a vereadora informou que as conversações vão ocorrer a partir de agora. “Recentemente o Matheus Vermelho filiou-se no PP e tão logo for possível teremos uma conversa sobre isso porque penso que há interesse do partido e dele também em fazer mais essa dobrada sem prejudicar outras alianças. É somar forças em todas as frentes possíveis”, analisou.
Outra expectativa de dobrada de Carol é com a deputada estadual Maria Victória. Após presidir a juventude progressista do Paraná, período em que promoveu encontros para discutir a situação de cada região do estado e conhecer seus reais problemas, Maria Victoria assumiu a presidência do PP no Paraná.
Em 2016, disputou a eleição para a prefeitura da capital do Paraná e conquistou mais de 52 mil votos – superando o número de 44.870 eleitores, de todo o estado, que a elegeram deputada estadual em 2014. Em 2018, foi reeleita para a Assembleia Legislativa com 50.414 votos.

Expectativa de votos 
Sobre a quantidade de votos que precisará para se eleger, Protetora Carol declarou que isso vai depender do desempenho do partido. É preciso definir o quociente eleitoral (votos válidos divididos pela quantidade de cadeiras) e a proporcionalidade. Nem sempre quem faz mais votos, se elege.
Por exemplo, nas eleições de 2018 foram 5.731.922 votos válidos na disputa para as 30 vagas que o Paraná tem direito a deputado federal. Quem se elegeu com a menor quantidade de votos foi Aline Sleutjes, do PSL, com 33.628 votos. Entretanto, Valdir Rossoni, do PSDB, fez 72.096 votos e ficou fora.

Atuação na Câmara
Em pouco mais de um ano de atuação como vereadora, Protetora Carol apresentou 33 projetos de lei, 31 requerimentos e 280 indicações. Desde o início do ano passado ela é a 2ª Vice-Presidente da Mesa Diretora da Câmara. No mesmo ano, Carol presidiu a Comissão de Obras, Urbanismo, Serviços Públicos, Ecologia e Meio Ambiente.
Em 2022, a vereadora se tornou membro da Comissão Mista; presidente da Comissão de Obras, Urbanismo, Serviços Públicos, Ecologia e Meio Ambiente; vice-presidente da Comissão de Turismo, Indústria, Assuntos Fronteiriços e Segurança Pública e vice-presidente da Comissão de Economia, Finanças e Orçamento.
Carol Dedonatti é natural de Foz do Iguaçu, formada em pedagogia, tem pós-graduação em Metodologia do Ensino de História e Geografia e exerce a função de Professora. De forma voluntária com animais de ruas e famílias carentes, ela atua como Protetora há mais de 10 anos.

Elson Marques – EMS Editores 

Copyright © 2021 Portal Costa Oeste.